ARTICLE

Qual é a diferença entre IoT e IIoT? (e a importância de saber essa diferença)

Computação no Cloud, inteligência artificial, aprendizado de máquina… e, agora, IoT. Ou o certo é IIoT?

Acompanhar o avanço das tecnologias e como eles afetam a produção é uma missão contínua. Perca um ou dois desenvolvimentos e corra o risco de prejudicar a posição de sua empresa no mercado. No entanto, acompanhar de perto as alterações tecnológicas não é uma tarefa simples. É praticamente necessário ter um scorecard. O que mais vem por aí?!

Atualmente, a maioria dos fabricantes entende sobre computação no Cloud, inteligência artificial e aprendizado de máquina. Mas como a IoT e a IIoT entram em jogo? Para muitas empresas, a conectividade é parte central das iniciativas de transformação digital, mas é possível que você não perceba o papel que esses avanços tecnológicos desempenham.

Não queremos que sua empresa perca oportunidades tecnológicas valiosas. O texto a seguir acaba com a confusão que existe entre IoT e IIoT, esclarece os motivos que tornam essas tecnologias importantes para os fabricantes e os benefícios ao usá-las. Além disso, vamos explicar como o Braincube se destaca nesse contexto.

Comparação entre IoT e IIoT

Comecemos pelo mais importante. O que significa IoT e IIoT?

IoT é a sigla (em inglês) para Internet das Coisas. Estamos falando de objetos com sensores, software e recursos de processamento que capacitam essas coisas a estabelecer conexões e trocar dados com outros dispositivos e sistemas pela Internet ou por meio de uma rede de comunicação.

As Smart TVs são um exemplo básico de IoT. Esses equipamentos têm a capacidade computacional de gravar seus programas favoritos, de exibir sinal de TV ao vivo, permitem escutar ou assistir conteúdo de terceiros e até são sincronizados com outros dispositivos. Quando você é interrompido ao assistir algo no sofá, é possível continuar de onde parou em seu telefone. Nesse exemplo, o telefone e a TV são exemplos de IoT.

O conceito de rede de objetos interconectados é o ponto de partida para a IIoT.

IIoT é a sigla (em inglês) para Internet Industrial das Coisas, é um subgrupo da IoT. A IIoT é um conceito usado no setor industrial. Ela consiste em sistemas de sensores, instrumentos, máquinas e outros dispositivos industriais conectados em rede por meio de aplicativos de gerenciamento industrial e/ou de inteligência de negócios (BI). A IIoT é a conectividade entre sistemas, máquinas e pessoas.

Pense, portanto, em “coisas” industriais interconectadas e com acesso à Internet, como controles de climatização do ambiente, controladores lógicos programáveis, robótica, interfaces homem-máquina, câmeras etc.

À medida que as plataformas de IIoT seguem sua evolução, esse conjunto de “coisas” industriais está se expandindo e passa a incluir cada vez mais componentes de produção industrial. Incluindo desde correias transportadoras à integridade da máquina, as plataformas de IIoT estão se tornando o novo sistema completo de produção industrial.

A importância da IIoT

No mercado atual, os dados são essenciais. Informações precisas em tempo real são fundamentais para a eficácia da tomada de decisões e da gestão baseadas em dados. As plataformas de IIoT agilizam e facilitam a coleta, a troca e a análise dos dados, disponibilizando-os universalmente.

É esse último ponto – dados universalmente disponíveis – que oferece importância à IIoT.

A ascensão dos cientistas de dados cidadãos e a adoção da democratização dos dados estão transformando o cenário da produção industrial. Acabou a época em que os profissionais de tecnologia (analistas de dados, engenheiros de produção, especialistas em modelagem de dados etc.) eram os principais usuários dos dados. Agora, os dados são muitas vezes democratizados para que tanto os trabalhadores das fábricas quanto os executivos os usem como uma ferramenta de trabalho cotidiana. A IIoT facilita o uso universal dos dados.

Benefícios da IIoT

É bem verdade que a capacidade da IIoT de coletar, modelar e compartilhar dados de um jeito fácil de entender é vantajosa por si só. A IIoT não apenas potencializa seu corpo de conhecimento (funcionários atuais) com a capacidade de trabalhar com mais eficiência, mas também oferece informações úteis e em tempo real sobre processos produtivos, desempenho de máquinas, atividades de distribuição e estado geral dos negócios.

A funcionalidade diária da IIoT é suficiente para que ela traga retorno positivo sobre o investimento. No entanto, o ambiente com abundância de dados da IIoT traz outras vantagens que geram maiores repercussões para a gestão e os objetivos empresariais.

Outras vantagens da plataforma de IIoT incluem:
  • O desenvolvimento das habilidades tecnológicas dos funcionários permite acessar informações mais profundas sobre o desempenho e a produtividade da fábrica em todos os níveis.
  • Informações de qualidade sobre onde e como cortar custos sem sacrificar a qualidade dos produtos ou atrasar a produção.
  • Combater com eficácia e economia a atual escassez de mão de obra e profissionais qualificados com uma força de trabalho muito eficiente.
  • Melhores recursos de análise de dados e poder computacional avançado, incluindo inteligência artificial e aprendizado de máquina.

As plataformas de IIoT possibilitam acompanhar a saúde da empresa por meio de um fluxo constante de dados. Elas criam uma infraestrutura interconectada que é compatível com um ambiente de gestão com foco no futuro.

Comparação entre IIoT e Smart IIoT do Braincube

Quando você finalmente achou que tinha compreendido a IIoT, a plataforma de Smart IIoT do Braincube apareceu para compor o cenário. Procurando pelo seu scorecard?

Então, qual é a diferença? O que torna a plataforma IIoT do Braincube “inteligente”?

Para diferenciar a IIoT da Smart IIoT é essencial entender a oferta padrão da IIoT. Na maioria dos casos, os fornecedores de IIoT oferecem conectividade e conexão de dados com ferramentas integradas limitadas para a análise avançada dos dados. Quando há aplicativos de análise avançada disponíveis, geralmente vêm na forma de complementos com um custo extra ou fornecidos por meio de um ecossistema de parceiros terceirizados.  

Em outras palavras, o dinheiro investido em tecnologia garante conectividade e a troca de dados, nada mais. A extensão dos recursos e funcionalidades da plataforma IIoT exige mais investimento e tempo de implementação.

Procurando por um fornecedor de IIoT? Saiba mais sobre os tipos de fornecedores aqui.

Para fins de comparação, a plataforma de Smart IIoT do Braincube pega o conceito de IIoT e o eleva a uma ferramenta de negócios mais avançada, incorporando mais de 25 aplicativos avançados de inteligência de negócios à tecnologia de IIoT. Esses aplicativos levam a análise avançada de dados para a plataforma de IIoT, tornando-a “inteligente”. E não vamos nos esquecer dos poderosos gêmeos digitais que oferecem uma única fonte de verdade para a organização.

Ainda tem dúvidas sobre como esses aplicativos tornam a plataforma de IIoT do Braincube inteligente?

Vamos fazer uma comparação com os aplicativos de um smartphone. Seu smartphone hospeda uma plataforma central da qual é possível acessar e-mail, notícias, agendas, jogos, filmes, lojas e muito mais por meio dos aplicativos existentes no sistema do telefone. Esses aplicativos tornam seu telefone “inteligente”. Você usa seu telefone para depositar um cheque, para pedir café e para tirar fotos. É a central de comando de suas tarefas diárias.

É essa capacidade que os aplicativos avançados do Braincube oferecem para a plataforma de Smart IIoT do Braincube. Eles permitem que os fabricantes realizem análises avançadas, visualizações de dados, relatórios personalizados, controle de qualidade, manutenção preditiva, entre outras coisas, de qualquer lugar do mundo. Os aplicativos avançados permitem que as equipes utilizem os dados, não apenas os visualizem. Os aplicativos e os gêmeos digitais tornam a IIoT inteligente.

As vantagens da plataforma de Smart IIoT amplificam os benefícios das plataformas IIoT não inteligentes. Ela apresenta algumas vantagens notáveis.

Planejando fazer a implementação de uma plataforma de IIoT? Confira cinco fatores a serem considerados.

Para resumir, a plataforma de Smart IIoT é a internet industrial das “coisas” específica para o setor de produção industrial. Seus recursos inteligentes são proporcionados pelos aplicativos avançados e pelos gêmeos digitais incluídos no software, que permitem aos usuários realizar análise avançada diretamente na plataforma.

Conclusão

A IoT está presente desde a década de 1980. A IIoT começou em 1968. Essas tecnologias ganharam visibilidade no mercado graças a uma ampla gama de avanços tecnológicos: ethernet, computação no Cloud, sensores avançados etc. Portanto, o conceito de coisas interconectadas não é novo. Ele está simplesmente ficando mais avançado. E, à medida que as funcionalidades da IIoT são aprimoradas, os fabricantes continuam a incorporar essa tecnologia em seus processos de produção industrial.

Na era da Indústria 4.0, da transformação digital e da democratização de dados, a IIoT aparece como componente fundamental para o sucesso atual e futuro dos fabricantes. É importante ter um entendimento claro sobre o que a IIoT é, o que ela faz e como ela traz benefícios para a tomada de decisões de negócios bem informada, para a definição eficaz de objetivos e para o desenvolvimento da infraestrutura. A IIoT deixa sua empresa pronta para o futuro.

Quer saber mais sobre a IIoT e como ela pode trazer vantagens para sua empresa? Gostaria de ver a plataforma de Smart IIoT em funcionamento?Fale conosco! Será um prazer responder às suas perguntas e oferecer demonstrações gratuitas.

Related Resources: